‘Turma da Mônica’ pretende expandir seus gibis para o Japão

Mauro, filho de Maurício de Sousa, planeja expansão da marca para terras nipônicas

Que os personagens da Turma da Mônica são os mais importantes e icônicos da história dos quadrinhos brasileiros, isso todo mundo já sabe. Criada em 1959 pelo gênio Maurício de Sousa, a Turma, no começo, não era exatamente uma turma, já que apenas Bidu e Franjinha faziam parte das tirinhas de jornal desenhadas por Maurício. Somente nos anos 60, com a criação da Mônica e do Cebolinha, a turma virou mesmo uma Turma e começou a ter a identidade que conhecemos e amamos até hoje.

São quase 60 anos de história. Se levarmos em conta que Maurício de Sousa tem 81 anos de idade, a maior parte do tempo de sua vida foi dedicada a esses personagens maravilhosos. E o que mais impressiona nisso tudo é o fato da Turma da Mônica ser uma marca essencialmente brasileira, sem uma forte presença em outros países. Mas isso pode estar prestes a mudar.

Mauro Sousa, a quem tivemos o privilégio de conhecer quando fomos assistir Turma da Mônica – O Show, é um dos nove filhos de Maurício e um dos escolhidos pelo patriarca para liderar os negócios da família daqui pra frente. Não que Maurício de Sousa esteja pensando em se aposentar. Longe disso. Até hoje ele está diariamente presente na Maurício de Sousa Produções, totalmente envolvido no dia a dia da empresa. Entretanto, as questões comerciais ficam a cargo dos filhos e demais funcionários da casa, e Mauro planeja expandir os negócios da empresa para o outro lado do mundo, no Japão.

Além de estar a frente desse projeto, Mauro também é ator e responsável pelo lançamento dos espetáculos musicais da Turma da Mônica e inauguração de parques temáticos. Ou seja, toda a área de “ao vivo” da MSP é com ele, que teve um personagem criado em sua homenagem: “É o Nimbus, aquele que tem os olhos puxadinhos e detesta chuva. Essa era a minha maior característica quando criança: assistia aos canais de meteorologia o tempo todo, com medo de chuva. Hoje, claro, não sou mais assim. Mas prefiro os dias de sol

A empresa, atualmente, conta com franquias, licenciamentos de personagens, espetáculos musicais e com o parque temático da Turma da Mônica, instalado em São Paulo, em uma área de 12.000 metros quadrados – o que faz dele o maior parque coberto da América Latina. Além, é claro, da histórias em quadrinhos. São vários lançamentos mensais, além de outros datados. Segundo Mauro conta, “hoje, ao todo, somos cerca de 400 funcionários. Nosso objetivo agora é a internacionalização da marca, com foco no lançamento de várias plataformas da linha da Turma da Mônica no Japão“.

Uma coisa é certa: como vários outros personagens de quadrinhos que eram fortes em seus países e ganharam o mundo, a Turma da Mônica tem o mesmo potencial. As histórias são leveis, agradáveis e de fácil envolvimento e identificação. Nós, como fãs de quadrinhos e de Maurício de Sousa, ficamos muito felizes. Ele e os personagens merecem todo esse reconhecimento.

Fonte: Exame

Comentários

Comentários

Escrito por Rodrigo Rebelo

Carioca, marido, pai, boleiro e, sempre que possível, presente nos tatames de jiu-jitsu. Além de marketar há alguns anos, também lavo, passo, mas não cozinho - prefiro evitar que a cozinha exploda. Apaixonado e dedicado em sempre arrancar um sorriso daqueles que amo.