O que é carne de primeira e carne de segunda?

O segredo está no corte e é importante saber para utilizar a carne certa nas receitas.

Se você é daquelas pessoas que quando a esposa pede para ir ao supermercado comprar 500g de carne de primeira faz aquela cara de “O que ela quis dizer com isso?“, esse texto é para você. Afinal, o que é carne de primeira e carne de segunda?

E aí, arriscar dizer que corte é esse?
E aí, arrisca dizer que corte é esse?

E nem adianta dizer “Ah, mas homem entende tudo de churrasco, então sabe diferenciar as carnes“. Balela. Eu entendo de comer churrasco e beber cerveja. E avaliar se a carne está dura ou não, para sacanear ou elogiar o churrasqueiro. E esse é um comportamento comum em vários homens. Boa parte dos meus amigos e demais representantes da classe que conheço, não fazem a menor ideia do que seja carne de primeira e carne de segunda e para ajudar a todos (e a mim, que sofri ontem no supermercado), resolvi pesquisar.

O boi possui 20 diferentes tipos de corte e é aí que está o grande segredo. Cada um deles tem uma característica particular e a principal diferença entre carne de primeira e carne de segunda é a quantidade de gordura e nervos que ela terá. Em linhas gerais, nas carnes de primeira conseguiremos uma maciez maior que nas carnes consideradas de segunda, mas isso não é uma regra. Vai variar bastante de receita para receita e, principalmente, da mão de quem está preparando a carne.

Carne de primeira

Esses cortes são localizados nas partes menos usadas do boi e são mais macias. São recomendadas para fazer bifes, carne assada e churrasco. Veja abaixo quais são elas:

  • Alcatra
  • Contrafilé (ou filé de lombo)
  • Coxão duro (ou ponta de alcatra)
  • Coxão mole
  • Filé mignon
  • Lagarto
  • Maminha
  • Patinho
  • Picanha
Essa picanha no meu prato AGORA, por favor
Essa picanha no meu prato AGORA, por favor

Carne de Segunda

Já os cortes considerados de segunda, são localizados em áreas mais expostas do boi e de maior uso. São indicadas para ensopados, molhos para acompanhamentos, guisados, tortas e escondidinhos. Confira abaixo:

  • Aba do filé
  • Acém
  • Braço (ou paleta)
  • Capa de filé
  • Cupim
  • Filé de costela (ou noix)
  • Fraldinha
  • Músculo (ou ossobuco)
  • Peito
Fraldinha. Assada. De nada.
Fraldinha. Assada. De nada.

Carne de terceira

Sim, nós começamos falando apenas das carnes de primeira e de segunda, mas existem ainda as carnes de terceira. Esses cortes possuem uma camada do tecido conjuntivo do boi, além de possuir maior quantidade de gordura e nervos. As carnes de terceira são:

  • Pescoço
  • Ponta de agulha
Confira na legenda os cortes bovinos
Confira na legenda os cortes bovinos

Importante ressaltar que, para fazer um prato saboroso, a carne não precisa ser necessariamente de primeira. Em churrascos, a mesma lógica se aplica. Tudo depende do prato que você vai fazer e da qualidade da carne. Os temperos e molhos utilizados, além do modo de preparo, podem deixar uma carne de segunda tão ou mais saborosa que uma carne de primeira, ainda que a maciez não seja a mesma. Apenas no caso das carnes de terceira é que a coisa muda de figura e, normalmente, a diferença é facilmente perceptível – os cortes de primeira e segunda são muito melhores.

Agora que você já sabe diferenciar carne de primeira e carne de segunda, não passará mais aperto na hora de correr ao supermercado para providenciar o almoço de domingo. Se tiver alguma dica sobre carnes para compartilhar, escreva-nos. Será um prazer colocá-la em prática! 🙂

Comentários

Comentários

Escrito por Rodrigo Rebelo

Carioca, marido, pai, boleiro e, sempre que possível, presente nos tatames de jiu-jitsu. Além de marketar há alguns anos, também lavo, passo, mas não cozinho - prefiro evitar que a cozinha exploda. Apaixonado e dedicado em sempre arrancar um sorriso daqueles que amo.