Como lavar cobertores e edredons em casa

Recentemente falamos sobre a chegada do inverno e as doenças respiratórias que ele costuma trazer com ele. Demos algumas dicas de como se prevenir de eventuais problemas de saúde e uma delas foi lavar os cobertores que estão guardados há muito tempo, para eliminar os ácaros que costumam alojar-se nessas peças. Mas, afinal, como lavar cobertores e edredons em casa?

Está na hora de tirar a poeira deles!
Está na hora de tirar a poeira deles!

Cobertores e edredons são roupas pesadas e que precisam de alguns cuidados especiais, tanto para a hora de serem utilizados, como para conservá-los por mais tempo. Eles precisam ser limpos e armazenados com cautela, para evitar um desgaste desnecessário de material.

O ideal é que eles sejam lavados a cada seis meses, mas às vezes esses cuidados acabam passando em branco, então vamos passar algumas dicas que podem te ajudar.

Como lavar?

Antes de qualquer coisa, verifique a capacidade da sua máquina de lavar roupas. Algumas não aguentam tanto peso e os cobertores e edredons maiores podem sobrecarregar o aparelho, além, claro, de não conseguir atingir o principal objetivo, que é mantê-los limpos.

A sua máquina aguenta o tranco?
A sua máquina aguenta o tranco?

Caso a sua lavadora tenha a capacidade necessária para lavar essas peças, verifique a quantidade de sabão que deve ser utilizada. Na própria máquina existe a indicação para cada tipo de roupa e lavagem, se a sua máquina não tem essas informações, não se preocupe, elas também contam na embalagem do sabão. Antes de levar cobertores e edredons à máquina, deixe-os de molho no sabão líquido ou dissolva sabão em pó, pois assim a peça não ficará com resíduos do produto utilizado.

Como secar?

Aqui existem duas possibilidades: casa ou apartamento. Independente de qual seja o seu caso, opte por fazer a lavagem em dias um pouco mais quentes e deixe a peça no sol, sempre que possível. O tempo de secagem vai variar de um tecido para outro, portanto é importante observar isso e deixar o máximo de tempo possível secando, para evitar o acúmulo de umidade.

  • Secando cobertores e edredons em casa: Quem mora em casa tem algumas vantagens na hora de secar as suas peças, pois, tradicionalmente, tem mais espaços onde existe a incidência da luz solar. Deixe o cobertor ou edredom completamente esticado em local aberto, arejado e que pegue bastante sol. Não tenha pressa para tirá-lo de lá.
  •  Secando cobertores e edredons em apartamento: O espaço aqui costuma ser um problema, mas não é impossível ter uma secagem satisfatória das suas peças. Deixe-as bem esticadas no varal e a mantenha lá por dois ou três dias. Seja paciente, pois o processo de secagem será lento, mas deve ser totalmente respeitado.

Qual a melhor forma guardar cobertores e edredons?

cobertores

Por mais que eu adore frio, infelizmente não consigo utilizar peças mais pesadas em boa parte do ano, já que no Rio de Janeiro só existem duas estações: quente e muito quente. Mas às vezes São Pedro até que dá uma aliviada no maçarico durante umas duas ou três semanas. Isso quer dizer que no restante do tempo os cobertores devem ficar muito bem guardados, para minha tristeza.

Evite ao máximo utilizar sacos plásticos tradicionais. Eles deixam a roupa muito abafada, o que pode causar mofo.  Mas caso essa seja sua única opção, faça um pequeno corte no saco, para que exista algum tipo de ventilação.

A melhor alternativa são os sacos de TNT. Eles são capas que permitem que o tecido respire, vedando-o a vácuo e sem permitir a entrada de poeira. Também evita o acúmulo de umidade, o que diminui consideravelmente a incidência de ácaros e outros microorganismos. Assim, quando você for utilizar o cobertor novamente, não precisará, necessariamente, lavá-lo por completo, podendo apenas deixá-lo no sol ou em local arejado.

Os sacos de TNT são a melhor opção
Os sacos de TNT são a melhor opção

Dessa forma os seus cobertores e edredons terão uma vida útil muito maior e continuarão esquentando a sua família sempre que o inverno der as caras.

Se você tiver alguma outra sugestão de como lavar esses produtos de forma simples e eficaz, conte para gente!

Comentários

Comentários

Escrito por Rodrigo Rebelo

Carioca, marido, pai, boleiro e, sempre que possível, presente nos tatames de jiu-jitsu. Além de marketar há alguns anos, também lavo, passo, mas não cozinho - prefiro evitar que a cozinha exploda. Apaixonado e dedicado em sempre arrancar um sorriso daqueles que amo.