Aplicando o Feng Shui no quarto

Recentemente falamos aqui sobre a origem, detalhes e conceitos do Feng Shui e a partir de agora vamos dar algumas dicas de como utilizá-lo em diversos ambientes do nosso dia a dia. Para começar, vamos ver como aplicar o Feng Shui no quarto, o cômodo preferido de 9 entre 10 pessoas.

Com ou sem a utilização de técnicas de Feng Shui no quarto, esse é um ambiente que devemos prezar ao máximo. É o nosso canto de descanso, nosso refúgio dos problemas da vida, onde deitamos pra assistir TV, ler um livro ou estudar. Sempre valorizei demais o meu quarto (mesmo que tenha demorado para ter um quarto exclusivamente meu) e é aqui lá onde passo a maior parte do tempo quando estou em casa. Mas mesmo que deixemos o nosso cantinho com a nossa cara e da forma mais aconchegante possível, sempre pode melhorar e é disso que vamos falar.

Uma boa dica é optar por cores claras, pois elas suavizam o ambiente e te dão maior tranquilidade e  evite ao máximo o vermelho, pois essa é uma cor associada à energia e dificulta uma boa noite de sono. E essa é a última coisa que você vai querer.

Evite também fazer do seu quarto um ambiente de trabalho. Nem sempre isso é possível – e aqui em casa mesmo não ocorre – mas esforce-se ao máximo para manter o trabalho longe do seu ambiente de descanso. Isso também deve ser aplicado a aparelhos eletrônicos e de ginástica, que são grandes distrações e impedem um sono tranquilo. Atualmente quase tudo de trabalho envolve informática, computadores, tablets e gadgets em geral. Faça de tudo para que eles não fiquem no quarto, pelo menos no horário de dormir.

Exemplo de quarto bem harmonizado
Exemplo de quarto bem harmonizado

O aspecto mais importante na utilização das técnicas de Feng Shui no quarto é a cama. Ela é a mobília central, a mais importante, e tudo deve ser pensado em volta dela. A cama deve estar centralizada e posicionada de forma que a porta seja facilmente avistada, porém sem estar alinhada a ela. A cabeceira deve estar encostada na parede e ela é um ponto importante, pois simboliza proteção e segurança na vida. Não mantenha objetos na cama relacionados a trabalho ou pendências, como contas que estão para vencer. Também é importante que não haja nichos, estantes, quadros com molduras pesadas, janelas ou espelho atrás da cama. Se isso acontecer, utilize cortinas pesadas e mude o espelho e os demais itens de lugar.

O espelho é outro aspecto com o qual devemos nos preocupar. De forma alguma mantenha dois espelhos no quarto e não posicione o único espelho de frente para a cama, pois eles precisam estar em alguma posição que reflita a melhor imagem de nós mesmos, então dentro do armário é a melhor opção.

Os últimos dois pontos importantes são o teto e a iluminação. Em relação ao teto, aprendemos que ele não deve ser muito alto, que não deve inclinar-se sobre a cama e que vigas muito grandes são desaconselháveis. Nesses casos, opte por algum tipo de rebaixamento que adeque o cômodo às recomendações indicadas pelo Feng Shui. E sobre a iluminação, ela tem um papel muito importante na harmonização do seu ambiente, então na hora de dormir não utilize luzes fortes ou muito brilhantes. Ela deve ser suave e relaxante, assim como a cor de todo o quarto. Isso tudo combinado ajudará a melhorar demais o seu descanso.

Vejam o que NÃO fazer
Vejam o que NÃO fazer

Para finalizar, o seu quarto deve ser sempre muito bem arejado e bem iluminado com luz natural durante o dia. É importante para a renovação do ambiente e para a sensação de leveza na hora de dormir.

Essas são algumas dicas que você pode aplicar de forma fácil no seu quarto. Depois contem para gente o que vocês notaram de positivo depois de colocá-las em prática.

Comentários

Comentários

Escrito por Rodrigo Rebelo

Carioca, marido, pai, boleiro e, sempre que possível, presente nos tatames de jiu-jitsu. Além de marketar há alguns anos, também lavo, passo, mas não cozinho - prefiro evitar que a cozinha exploda. Apaixonado e dedicado em sempre arrancar um sorriso daqueles que amo.